!-- Google Tag Manager (noscript) -->
top of page

R7 - NUCLEAÇÃO: ILHAS

Descrição: Quando a área de recuperação é muito grande e tem potencial de regeneração pela presença de cerrados, cerradões e matas próximas, essa prática é eficiente, pois é mais barata e de fácil implantação. Trata-se de distribuir ilhas de plantio com o número reduzido de plantas em toda a área. Desta forma serão criados vários núcleos/ilhas de regeneração. Devem-se selecionar espécies atrativas à fauna.


Como fazer: Sugere-se para ocupar 20% da área. Exemplo para 1 ha:

  • Distribuir homogeneamente 50 ilhas em toda área

  • Quantidade de mudas na ilha: 13 plantas/ilha

  • Quantidade de mudas/ha: 650 mudas

  • Espaçamento entre plantas na ilha: 3x3m

  • Adubação química: 100 a 300g/cova de adubo fosfatado

  • Calagem: se for o caso, 100 a 300g/cova

  • Manutenção: controle das invasoras 3 vezes/ano até o segundo ano pós plantio


Equipamentos necessários: Roçadeira, enxada, escavadeira.


Época de realização: Antes das chuvas.


Monitoramento: Medir a altura das mudas plantadas (m) e contar a falhas (mortalidade). Frequência: 1 vez por ano após as chuvas.


Indicadores: Manter as 20 ilhas/ha. Observar o crescimento e sombreamento das ilhas. Observar regeneração nas proximidades de cada ilha.


Serviços Ecossitêmicos: Aumento da biodiversidade e de polinizadores.



ESQUEMA DAS ILHAS DISTRIBUIDAS NO TERRENO



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page